Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Saúde

Saúde » Por zika, Quênia ameaça não participar de Olimpíadas no Rio

Saúde

Andrea de Silva/Reuters

Saúde

zika

Por zika, Quênia ameaça não participar de Olimpíadas no Rio

Comitê Olímpico local confirmou que atletas podem desistir da competição por causa da saúde; país africano é forte em atletismo

0

O Estado de S. Paulo

09 Fevereiro 2016 | 09h07

NÁIROBI - O diretor do comitê olímpico do Quênia, Kipchoge Keino, confirmou nesta terça-feira, 9, que o país pode desistir dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro por causa da epidemia de zika. Segundo ele, as comissões esportivas locais vão esperar "até o último minuto" para decidir se participam da competição, que será realizada em agosto.

"Não vamos expor nossos jovens. A saúde do nosso povo é mais importante que as Olimpíadas", afirmou Keino à imprensa queniana. "Vamos esperar até o último minuto. Confiamos nos conselhos das autoridades sanitárias do Brasil para tomar uma decisão informada", acrescentou ele, ex-atleta, medalhista nos Jogos de 1968. 

Muitos atletas quenianos, de acordo com dirigentes esportivos locais, mantêm a preparação para o campeonato sem se preocupar com o surto de zika. O país africano é forte em atletismo, modalidade em que ganhou todas as medalhas na última edição dos Jogos, em 2012, realizados em Londres. 

O governo federal brasileiro e o Comitê Olímpico Internacional têm descartado a possibilidade de cancelar o evento esportivo no Rio. Nessa segunda-feira, 8, agências internacionais noticiaram que o Comitê Olímpico dos Estados Unidos havia liberado os atletas americanos de participaram dos Jogos por causa da epidemia. A entidade, porém, negou a informação./ COM AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

o

Mais conteúdo sobre:

Comentários