Prefeitura de Campinas altera data de retorno às aulas

Atividades escolares serão retomadas no dia 10 de agosto; decisão atinge pelo menos 65 mil alunos

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

30 Julho 2009 | 13h50

As aulas da rede municipal de ensino, dos 71 Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis) e nas 39 creches municipais conveniadas com a Prefeitura de Campinas foram suspensas a partir desta quarta-feira, 29, por conta do crescente número de casos confirmados da nova gripe (Influenza A H1N1), informou a administração municipal.

 

Segundo a Prefeitura, o retorno das aulas na rede pública municipal - pré-escola, ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos - ocorrerá apenas no próximo dia 10 de agosto. A decisão atinge pelo menos 65 mil alunos em todo o município.

 

A Prefeitura ainda recomendou que todas as escolas da rede privada e as universidades e faculdades da cidade adotem a mesma providência. Tecnicamente esta medida, preconizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), é chamada de isolamento social.

 

A reposição das aulas do ensino fundamental ocorrerá ao longo do segundo semestre para que o calendário de 200 dias letivos seja cumprido, conforme resolução formal da Secretaria de Educação a ser publicada nos próximos dias.

 

Durante o período sem aulas, gestores, professores, monitores, supervisores e outros servidores da educação vão ser capacitados sobre a nova gripe com informações sobre sintomas, formas de evitar o contágio e medidas de prevenção no ambiente escolar. Os funcionários também serão orientados sobre como proceder na volta às aulas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.