EFE
EFE

Presidente da Costa Rica volta ao trabalho depois da gripe

Oscar Arias foi o único chefe de Estado, até agora, a contrair o vírus H1N1, causador da pandemia

EFE,

17 Agosto 2009 | 18h46

O presidente da Costa Rica, Oscar Arias, retoma nesta terça-feira, 18, suas atividades públicas, depois de superar um quadro de infecção pelo vírus H1N1, causador da gripe suína. A doença do presidente foi considerada "leve".

 

Um porta-voz da Presidência disse que Arias irá na terça ao Centro Nacional de Alta Tecnologia, na capital, para participar da inauguração do Centro Nacional de Inovações Biotecnológicas.

Arias é, até o momento, o único chefe de governo a contrair a doença. Ele apresentou sintomas de febre e dor de garganta e de cabeça.

 

Autoridades sanitárias costarriquenhas confirmaram que o presidente concluiu o tratamento com antivirais no último sábado e se encontra plenamente recuperado.

 

Arias, que sofre de asma - um dos fatores de risco que predispõem a complicações da gripe suína - manteve-se em isolamento domiciliar, mas em contato com o governo por telefone e internet.

Mais conteúdo sobre:
costa rica gripe suína oscar arias

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.