Preso acusado de vender remédio falso no centro de SP

Foi preso na manhã de hoje, na região central de São Paulo, o vendedor Delmar de Souza Campos, de 35 anos, acusado, junto com mais três pessoas, de envolvimento em um golpe da cura milagrosa, utilizando uma pomada branca. A principal vítima é uma aposentada, de 75 anos, que perdeu aproximadamente R$ 118 mil na tentativa de ajudar seu parente a se livrar de uma doença grave.

PEDRO DA ROCHA, Agência Estado

08 Novembro 2010 | 20h18

A equipe do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) iniciou as investigações na última sexta-feira, 5, após parentes da vítima perceberem a retirada constante de dinheiro da conta corrente da aposentada. Ela pagava por procedimentos espirituais de Campos, também conhecido por Pai Delmar. Os policiais localizaram o escritório onde aconteciam as consultas: um conjunto de salas na Rua Onze de Agosto, no bairro Sé.

A ação do Deic aconteceu quando a aposentada foi buscar mais um pote do suposto remédio. Os policiais detiveram Campos, a secretária dele, o ajudante e um vendedor. No local foram encontrados baias com santos, onde acontecia o atendimento. Os envolvidos foram autuados por estelionato e formação de quadrilha.

Mais conteúdo sobre:
remédio falso prisão SP venda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.