1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Profissionais do Provab poderão migrar para o Mais Médicos

Fabiana Cambricoli - O Estado de S.Paulo

07 Janeiro 2014 | 15h 58

Transferência poderá ocorrer quando médico quiser continuar trabalhando no mesmo município

Os participantes do Mais Médicos e do Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica (Provab) poderão migrar entre os dois tipos de modalidade, caso continuem atuando na mesma cidade. A novidade está prevista no terceiro edital do Provab, lançado nesta terça-feira, 7, pelo Ministério da Saúde.

Assim como no Mais Médicos, os participantes do Provab atuam na atenção básica e ganham uma bolsa mensal de R$ 10 mil. A diferença é que eles têm como benefício adicional pontuação extra de 10% na prova de residência. Como os profissionais do Provab participam do projeto pelo período máximo de um ano, eles poderão, agora, continuar trabalhando por mais tempo no mesmo local se migrarem para o Mais Médicos.

No sentido inverso, os profissionais brasileiros do programa Mais Médicos poderão migrar para o Provab. A opção não está aberta aos intercambistas. A migração, nesse caso, vale a pena para quem ainda vai fazer prova de residência e poderá se beneficiar com a pontuação extra.

Os profissionais do Provab inscritos em 2013 já poderão migrar para o Mais Médicos em fevereiro, quando finalizam o programa. As transferências serão realizadas a partir da quarta etapa do Mais Médicos, que deverá ser lançada em breve, segundo o Ministério da Saúde.

Já os inscritos no terceiro ciclo do Provab, cujo edital foi lançado ontem, só poderão migrar para o Mais Médicos em 2015. As inscrições para a atual etapa estarão abertas entre os dias 14 e 30 de janeiro, por meio do site do programa (http://provab.saude.gov.br).

Segundo o Ministério da Saúde, 3,3 mil médicos participam atualmente do Provab, número dez vezes superior aos inscritos no primeiro ciclo, em 2012, que somou apenas 381 participantes.