Ribeirão Preto enfrenta epidemia de dengue, com 105 casos

A Vigilância Epidemiológica da cidade tenta acabar com os focos da doença através de uma força-tarefa

Luís Henrique Trovo, especial para O Estado,

15 Janeiro 2010 | 18h33

A cidade de Ribeirão Preto vive uma epidemia de dengue, com 105 casos confirmados entre o dia 1º de janeiro e esta sexta-feira, 15. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a cada 10 exames realizados de casos suspeitos, quatro são positivos.

 

Ribeirão Preto confirma 77 casos de dengue só este ano

 

A Vigilância Epidemiológica tenta acabar com os focos da doença através de uma força-tarefa, mas enfrenta dificuldades porque 28% das residências ficam fechadas. Somente na última quinta-feira, foram divulgadas 16 confirmações da doença.

 

Existem cerca de 150 casos suspeitos que ainda dependem de resultado dos exames.

 

Para acelerar os exames, os agentes de saúde montaram uma espécie de brigada. Eles percorrem as unidades de atendimento duas vezes ao dia, recolhendo as amostras de sangue de pessoas com suspeita de dengue e encaminham para o Laboratório Municipal.

 

"Nos organizamos para uma situação de emergência, dobramos as cargas horárias para dar conta da demanda porque estamos recebendo uma média de 40 exames por dia e a positividade deles é considerada alta, em torno de 50%", disse a encarregada do laboratório, a biomédica Elaine Cristina Manini Minto.

Mais conteúdo sobre:
dengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.