Robôs batem pênalti e dançam

Ciborgues estão entre inovações tecnológicas de feira em Xangai, na China

BBC Brasil, BBC

12 Maio 2011 | 11h42

 

Uma feira de tecnologia em Xangai, na China, reúne até sexta-feira 1,7 mil especialistas em robótica de cem países e seus ciborgues.

Entre as inovações apresentadas sob o tema "Robôs Melhores, Vidas Melhores" estão um robô dançarino e outro capaz de chutar uma bola.

"Este ainda não é um produto, mas um protótipo de pesquisa. O objetivo no futuro é criar robôs com mais força e precisão que poderiam ser usados para ajudar pessoas deficientes a andar e fazer o que queiram", afirmou Jinwook Kim, da empresa Robotics.

Um outro robô, capaz de carregar bandejas, tem utilidade mais imediata e pode servir não só para servir comida como ajudar pessoas doentes ou em trabalhos domésticos.

Nas palavras dos organizadores, o melhor robô é aquele que pode servir os homens como um humano faria. Para fazer isso, ele precisa "saber avaliar o que a pessoa quer fazer".   BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
robô ciborgue robótica china shangai feira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.