1. Usuário
Assine o Estadão
assine
  • Comentar
  • A+ A-
  • Imprimir
  • E-mail

Saiba como evitar viroses e infecções intestinais no verão

- Atualizado: 21 Janeiro 2016 | 21h 18

Ocorrência do problema aumenta em períodos de altas temperaturas; alguns alimentos são mais propícios à contaminação

SÃO PAULO - Com a chegada do verão e das altas temperaturas, aumentam os relatos de ocorrência de viroses e infecções gastrointestinais, sobretudo no litoral. Somente nos 13 primeiros dias deste ano, foram atendidos nas unidades de saúde municipais do Guarujá, no litoral paulista, 126 pacientes com o problema. A doença costuma ter como sintomas diarreia, vômitos, dores abdominais e, em alguns casos, febre.

A gerente de comunicação Fabíola Sanchez Caccianiga, de 39 anos, foi uma das vítimas da doença há duas semanas. Moradora da capital paulista, ela foi passar 15 dias no Guarujá durante as férias, mas teve de antecipar o retorno por causa de uma virose. Ficaram doentes também o marido, o filho, a mãe, a tia e a sobrinha de Fabíola. "Resolvi voltar logo para casa para evitar que meu bebê de seis meses também pegasse", conta ela.

Segundo Paulo Olzon, clínico-geral e professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), as altas temperaturas da estação e o descuido maior com a alimentação nesse período podem colaborar para o aumento dos casos nessa época do ano. "As bactérias estão em todo lugar e, por isso, é importante observar as condições de limpeza e de conservação de alimentos dos locais onde comemos", alerta.

Veja abaixo dicas do especialista para se proteger contra as viroses e infecções gastrointestinais, tão comuns nessa estação do ano.

Como evitar viroses e infecções gastrointestinais no verão
Clayton de Souza/Estadão
Como evitar viroses no verão

Com as altas temperaturas registradas durante o verão, as bactérias se proliferam mais rápido nos alimentos, por isso evite deixar comida fora da geladeira.

Comentários

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Estadão.
É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Estadão poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os criterios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Você pode digitar 600 caracteres.

Mais em SaúdeX