Avia-GIS/Divulgação
Avia-GIS/Divulgação

Satélite ajuda a mapear mosquitos transmissores de doenças

Programa da ESA está sendo testado na Europa desde 2009 e poderá ser comercializado em breve

estadão.com.br,

18 Maio 2011 | 10h49

SÃO PAULO - A Agência Espacial Europeia (ESA) está contribuindo com o desenvolvimento de um programa que mapeia os mosquitos que transmitem doenças como a dengue. Por meio de monitoramento via satélite e disponibilização de dados enviados por celular, por exemplo, a ESA pode localizar a concentração dos vetores.

Veja também:

especial A dengue no Brasil

A iniciativa recebeu o nome de Vecmap e está sendo testada para mapear os mosquitos da Europa com o objetivo de ajudar em iniciativas ligadas à saúde pública. A série de testes do programa começou em 2009 na Holanda, Reino Unido, Bélgica, França, Suíça e Itália.

"Doenças como a dengue ou a febre do oeste do Nilo, que podem ser transmitidas por mosquitos vetores, são problemas crescentes de saúde pública em vários países da Europa, ainda assim pouco se sabe sobre a distribuição das doenças e dos vetores que as transmitem aos humanos", disse o técnico da ESA Michiel Kruijff. "Há uma necessidade clara de mapas mostrando onde estes mosquitos estão, onde eles podem estar e quando suas populações atingirão o auge".

Os testes continuarão durante os dois próximos verões da Europa e apenas depois disso o Vecmap será comercializado para o mercado em geral.

Mais conteúdo sobre:
mosquito dengue doenças vetores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.