Saúde convoca doadores de sangue antes do fim das férias em SP

Objetivo é garantir manutenção dos estoques dos hemocentros; queda média neste período é de 30%

estadão.com.br

22 Julho 2010 | 12h53

SÃO PAULO - A Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo convoca a população para doar sangue nestes últimos dias de julho, antes do fim das férias. O objetivo é garantir que não haja redução nos estoques dos hemocentros do Estado. A redução média é de 30% neste período, principalmente em razão do frio.

Nas férias de julho, normalmente há aumento do trânsito nas estradas em decorrência de viagens, com consequentemente elevação no número de acidentes de trânsito e de pacientes que precisam de sangue nas emergências dos hospitais.

Para doar sangue, é necessário ter entre 18 e 65 anos, pesar no mínimo 50 quilos, estar descansado e alimentado (evitar comidas gordurosas nas 4 horas que antecedem a doação) e ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas.

"No inverno, as pessoas estão menos dispostas a sair de casa para doar sangue. Mas é importante que a população aproveite o tempo livre dos últimos dias de férias para contribuir com os estoques dos hemocentros, ajudando a salvar vidas", afirma Frederico Carbone Filho, médico da Hemorrede da secretaria.

A Fundação Pró-Sangue, órgão da secretaria, tem quatro postos de coleta na capital. Para facilitar a doação, o posto Clínicas atende todos os dias, inclusive sábados, domingos e feriados. Fica na avenida Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 155, 1º andar. O funcionamento de segunda a sexta é das 7h às 19h; aos sábados, domingos e feriados, vai das 8h às 18h.

A lista dos postos de coleta do Estado pode ser consultada no site da secretaria: www.saude.sp.gov.br. Os dias e horários de funcionamento dependem de cada unidade.

Mais conteúdo sobre:
doação de sangue hemocentros

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.