Saúde de SP precisa de voluntários para estudo contra o HPV

São necessários 173 homens sadios da Grande São Paulo, entre 18 e 44 anos, para completar o grupo

da Redação,

13 Abril 2009 | 11h33

A Secretaria de Estado da Saúde, por intermédio do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids, está "recrutando" 173 homens sadios da Grande São Paulo, entre 18 e 44 anos, para completar o grupo de 1.430 participantes da pesquisa sobre o Papiloma Vírus Humano (HPV). Trata-se de projeto inédito no mundo, que inclui, além de São Paulo, cidades dos Estados Unidos e México.

 

De todos os países participantes, o Brasil tem apresentado os mais altos índices de recrutamento para o estudo, que começou a ser realizado em 2005. Conduzido pelo Centro de Referência e Treinamento DST/Aids, da Secretaria de Estado da Saúde, o estudo no Brasil recrutou, até março deste ano, 1.257 voluntários; o México, recrutou 1.235; e os EUA, 1.217 voluntários. Não apenas no recrutamento de voluntários, mas também na retenção deles no programa "História Natural da Infecção por HPV em Homens", o Brasil vem mostrando maior eficiência.

 

No País, o índice de retenção de voluntários, ou seja, daqueles que iniciam e permanecem no programa, foi de 97% entre a primeira e a segunda visita. No México, o índice é de 93% e nos Estados Unidos cai para 90%.

 

Para ser voluntário da pesquisa é preciso ser homem, ter entre 18 e 44 anos e morar na Grande São Paulo. Os candidatos não podem apresentar verrugas nem câncer na região genital ou anal e têm que concordar em comparecer às consultas semestrais durante quatro anos.

 

O HPV é um vírus que pode ser transmitido por meio de relação sexual com uma pessoa infectada. Esse vírus é comum em homens e mulheres.  Existem vários tipos de HPV, alguns tipos podem causar verrugas, também conhecidas como crista de galo.

 

Outros tipos podem provocar tumores no colo do útero ou câncer em mulheres. São muito raros os casos de câncer no ânus e pênis associados ao HPV. Interessados em participar do estudo podem ligar para: 5549-1967 ou escrever para estudohim@crt.saude.sp.gov.br.

Mais conteúdo sobre:
estudo hapv dst vírus papiloma

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.