Saúde lamenta morte de menina por gripe suína em São Paulo

Menina morreu em SP após contrair o vírus; Ministério diz que letalidade do A (H1N1) é igual à da gripe comum

Agência Estado,

10 Julho 2009 | 16h32

Em nota oficial, o Ministério da Saúde confirmou a morte de um paciente infectado pelo novo vírus influenza A (H1N1), em São Paulo. "Trata-se de uma criança de 11 anos, que morreu no último dia 30 de junho, em um hospital privado, dois dias após o início de sintomas", informa a nota divulgada na tarde desta sexta-feira, 10. Esta é a segunda morte de pessoa infectada pelo vírus da influenza A (H1N1).

 

De acordo com a nota, estão sendo investigados todos os contatos que a criança e pessoas de sua família tiveram com pacientes vindos do exterior. "O Ministério lamenta a ocorrência do segundo óbito e reitera que todas as medidas vêm sendo tomadas, em parceria com estados e municípios, para diminuir a disseminação da doença e oferecer tratamento ágil em sua rede pública a todos que necessitem", afirma a nota.

 

O Ministério da Saúde ressaltou ainda, na nota, que "a maioria absoluta das pessoas infectadas pela nova gripe manifesta sintomas leves, parecidos com os da gripe comum, e se recupera rapidamente". Lembra ainda que a taxa de mortalidade causada pela nova gripe, de 0,45%, é igual à da gripe comum.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína vírus A (H1N1)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.