Secretaria Municipal da Saúde prepara programação no Dia de Luta contra Aids

Iluminação de monumentos, testes rápidos de HIV e distribuição de camisinhas estão entre ações

estadão.com.br

30 Novembro 2010 | 18h31

SÃO PAULO - Para marcar o Dia Mundial de Luta contra a Aids, comemorado nesta quarta-feira, 1º, um grande laço vermelho - símbolo da luta contra a doença - será afixado na sede do Centro Cultural São Paulo.

A iniciativa da Secretaria Municipal da Saúde partiu de um convite da Associação Brasileira de Municípios e do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids (Unaids), que, juntos, firmaram parceria com o centro cultural, que também será ponto de distribuição de camisinhas e material informativo.

A luta contra a aids na capital paulista será lembrada ainda com o "Projeto Saúde Ilumina!". A partir desta terça-feira, 30, o Monumento às Bandeiras, a Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira e o Viaduto do Chá serão iluminados de vermelho.

"Essa é uma forma simbólica de reforçar a importância dos cuidados à saúde e os desafios frente à aids e às demais DSTs. O acesso ao diagnóstico precoce, aos preservativos e a todas as formas de prevenção é condição fundamental para o controle da epidemia. Embora os números demonstrem redução de novos casos, a doença ainda não tem cura e há novas infecções todos os dias", afirma a coordenadora do Programa Municipal de DST/Aids da secretaria, Maria Cristina Abbate.

Na programação, estão incluídos também testes rápidos de HIV, distribuição de material educativo e orientação de profissionais da saúde no projeto "Mais arte, menos aids", realizado em parceria com as secretarias Municipal e Estadual da Saúde, a Agência de Notícias da Aids e cinco unidades do Sesc.

O projeto incluirá atividades culturais, oficinas, releitura de músicas e danças de roda. Os eventos e as ações de prevenção serão feitos nas sedes Pompeia, Vila Mariana, Santana, Ipiranga e Pinheiros do Sesc.

Outra novidade planejada para esta quarta é o lançamento de um adesivo especial para celebrar a data, cujo tema será "Juntos na luta contra a aids". A distribuição será feita em estabelecimentos comerciais e outros pontos da cidade. A iniciativa é do Programa Municipal de DST/AIDS em parceria com a Fecomercio e a Agência de Notícias da Aids.

O Programa Municipal de DST/Aids acompanha atualmente 42.125 soropositivos (dados levantados até agosto de 2010) na capital paulista. Destes, 14.429 fazem uso de antirretrovirais. No Brasil, 462.237 pessoas foram infectadas pelo HIV entre 1980 e 2009, sendo 185.585 no Estado de São Paulo (números do Ministério da Saúde até 30/6/2009).

Programação:

De 30/11 a 3/12 - Projeto Saúde Ilumina!

Atividade: Iluminação vermelha no Monumento às Bandeiras, na Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira e no Viaduto do Chá

Horário: período da noite

30/11 a 1º/12 - Campanha Laço Vermelho

Atividade: Um laço vermelho será colocado nesta terça no Centro Cultural São Paulo, onde nesta quarta haverá distribuição de camisinhas e material explicativo, a partir das 12h

Local: Rua Vergueiro, 1.000, Paraíso

1º/12 - Campanha Fique Sabendo

Atividade: testes rápidos (em 15 minutos) para diagnóstico de HIV

Horário: das 11 às 17 horas

Locais: Sesc Vila Mariana: Rua Pelotas, 141; Sesc Pompeia: Rua Clélia, 93; Sesc Pinheiros: Rua Paes Leme, 195; Sesc Santana: Av. Luiz Dumont Villares, 579; Sesc Ipiranga: Rua Bom Pastor, 822.

1º/12 - "Mais arte, menos aids"

Oficina "Colagem do tempo, entrelaçando os caminhos da aids" (da artista plástica Micaela Cyrino)

Horário: 14h30

Local: Sesc Ipiranga - Rua Bom Pastor, 822

Releitura "A música de Renato Russo" (Lua Reis)

Horário: 17 horas

Local: Sesc Santana - Av. Luiz Dumont Villares, 579

Ciranda "Vamos cirandar e deixar o HIV fora da roda" (Antônio Nóbrega)

Horário: 19 horas

Local: Sesc Pinheiros - Rua Paes Leme, 195

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.