Sistema inglês calcula medidas corporais exatas por scanner

Dispositivo promete acabar com dúvidas sobre o tamanho da peça de quem compra roupas online

Reuters

21 Novembro 2012 | 09h41

Pesquisadores britânicos inventaram um dispositivo de scanner que analisa com eficácia as medidas corporais de cada pessoa e pode revolucionar o modo como se compram roupas online.

 

O aparelho, desenvolvido pela Escola de Moda de Londres, pela empresa Bodymetrics e por cientistas da Universidade de Surrey, é capaz de estabelecer as medidas do corpo de um indivíduo detalhadamente.

 

No sistema, basta informar peso e altura como uma referência de análise e incluir uma foto de corpo inteira tirada por uma webcam ou pelo calular. A partir de então, as medidas são calculadas pelo scanner, que produz uma imagem tridimensional da pessoa. As informações obtidas são cruzadas com os tamanhos oferecidos pelos lojistas e, por fim, a máquina informa qual o tamanho da peça a ser escolhido.

 

Adrian Hilton, um dos integrantes da equipe da Universidade de Surrey envolvida no projeto, disse que enquanto alguns clientes ainda prefiram ir pessoalmente às lojas e experimentar as peças, outros vão gostar da novidade para as compras online. "Para o público masculino, vai ser muito bom".

 

Quem compra roupas online não fica 100% seguro com o tamanho escolhido, uma vez que não é possível saber qual modelo veste melhor. Segundo Philip Delamore, da Escola de Moda de Londres, cerca de 30% a 60% as roupas adquiridas via internet são devolvidas. "É comum para quem compra na internet pedir dois ou três tamanhos diferentes, porque não se sabe qual ficará melhor", afirma. 

Mais conteúdo sobre:
ciência Moda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.