FABIO MOTTA/ESTADÃO
FABIO MOTTA/ESTADÃO

Sobe o número de mortes por dengue no Estado de São Paulo

Pelo menos 46 pessoas já morreram com sintomas da doença este ano no interior; 15 óbitos foram confirmados por exames

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

26 Fevereiro 2015 | 19h37

SOROCABA - Sobe a cada dia o número de mortes com suspeita de dengue no Estado de São Paulo. Até esta quinta-feira, 26, pelo menos 46 pessoas tinham morrido com sintomas da doença este ano no interior do Estado. Como a confirmação dos casos depende de laudo do Instituto Adolfo Lutz, somente 15 tinham sido confirmados. 

Apenas em Catanduva, no norte paulista, 18 pessoas morreram desde janeiro com diagnóstico da doença. De acordo com a prefeitura, sete óbitos foram confirmados e os demais estão sendo investigados pelo setor de vigilância epidemiológica. A cidade tem 3.080 casos confirmados da doença e 4.568 à espera de resultados.

Em Marília, ocorreram dez mortes este ano com a dengue diagnosticada no atendimento hospitalar, mas a prefeitura considera três casos confirmados. A cidade já registrou 2.893 casos da doença em 2014. Em Sorocaba, são seis mortes - uma confirmada, as outras à espera dos exames, segundo a Secretaria da Saúde. Este ano, 4.040 pessoas adquiriram a doença na cidade.

Guararapes, na região noroeste, teve cinco pessoas mortas com dengue - três casos tiveram exame positivo. Em Rio Claro, são duas mortes suspeitas. Houve mortes ainda em Assis, Lins, Limeira e Rubiácea. A doença atingiu o Vale do Paraíba e o litoral norte - uma mulher morreu com dengue hemorrágica em Caraguatatuba.

A Secretaria da Saúde do Estado informou dispor dos dados de janeiro de 2015, quando ocorreram 5.355 casos confirmados de dengue no Estado - 40 infecções por 100 mil habitantes. Em todo ano passado, foram 193,6 mil casos. Até o momento, segundo a Secretaria, foram confirmadas sete mortes por dengue no Estado. 

Boletim do Ministério da Saúde, divulgado na quarta-feira, 25, informa que até o último dia 17 tinham sido notificados ao Ministério 51.849 casos no Estado de São Paulo desde janeiro - 117,7 casos por 100 mil habitantes. A dengue é epidêmica em várias cidades, como Catanduva e Sorocaba, mas no Estado ainda não atingiu o nível de epidemia, caracterizada por 300 casos em 100 mil habitantes.

Mais conteúdo sobre:
dengue São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.