Sonda espacial Dawn envia à Terra 1ª foto do asteroide Vesta

Dawn começou a orbitar o asteroide após quase 4 anos de viagem e 2,8 bilhões de quilômetros percorridos

Efe

19 Julho 2011 | 11h54

Washington - A Nasa (agência espacial americana) publicou nesta segunda-feira as primeiras fotos enviadas pela sonda espacial Dawn do asteroide Vesta, cuja órbita foi alcançada no fim de semana passado.

Dawn fez história ao se transformar na primeira sonda a entrar em órbita ao redor de um objeto no cinturão principal de asteroides entre Marte e Júpiter.

Após viajar quase quatro anos e percorrer 2,8 bilhões de quilômetros, os engenheiros calculam que o encontro ocorreu às 3h (horário de Brasília) do sábado, dia 16 de julho.

A imagem divulgada pela Nasa foi fotografada quando ambos objetos estavam cerca de 16 mil quilômetros de distância um do outro, mas os instrumentos da sonda mostram Vesta como nunca antes tinha sido visto, assegurou a agência espacial em comunicado.

As observações da Terra e também com telescópios espaciais proporcionaram imagens do Vesta durante cerca de dois séculos, mas nunca conseguiram ver muitos detalhes sobre sua superfície.

Isso é uma informação muito importante, já que dentro de seu programa de prospecção a NASA apontou como objetivo alcançar um asteroide para o ano 2025.

"Estamos começando o estudo do objeto possivelmente mais antigo do sistema solar", disse Christopher Russell da Universidade da Califórnia em Los Angeles e principal pesquisador do projeto.

O cientista assinalou em comunicado que essa região do espaço "foi ignorada durante muito tempo" e se espera poder obter informação não só sobre suas características do relevo mas sobre as origens do universo.

As imagens recebidas revelam uma superfície complexa na qual se poderão estudar por sua erosão os impactos que recebeu com outros objetos há milhões de anos.

Com 530 quilômetros de diâmetro Vesta é o segundo objeto de maior tamanho no cinturão de asteroides.

O cinturão está habitado ao redor de 100 mil asteroides, considerados os "escombros" que ficaram após a formação do sistema solar há 4,6 bilhões de anos.

Lançada em setembro de 2007, a sonda estudará o Vesta durante um ano para empreender rumo ao planeta anão Ceres em julho de 2012, quando cumprirá outro marco ao se transformar na primeira sonda a orbitar os dois destinos do sistema solar mais distantes da Terra.

Mais conteúdo sobre:
Dawn Vesta asteroide espaço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.