Terceira vítima da gripe suína no Brasil é criança de 9 anos

De acordo com o ministério, a criança tinha doenças crônicas preexistentes que acabaram agravando o quadro

13 Julho 2009 | 19h12

O Ministério da Saúde informa que foi notificado, nesta segunda-feira, 13, da morte de uma  criança de 9 anos infectada pelo novo vírus influenza A (H1N1), no Rio Grande do Sul. Este é o terceiro óbito registrado no país em consequência da nova gripe.

 

De acordo com o ministério, a criança tinha doenças crônicas preexistentes que acabaram agravando o quadro. Ela teve contato com um irmão adolescente, que apresentou sintomas leves de gripe em 27 de junho e  foi contaminado em sua escola por um professora que viajou à Argentina. A vítima teve os primeiros sintomas em 29 de junho, foi internada em  2 de julho e faleceu três dias depois.

 

 

O ministério, em nota, lamenta a morte e reafirma que todas as medidas vêm sendo tomadas para diminuir a disseminação da doença e oferecer tratamento rápido na rede pública.

 

De acordo com a última atualização de dados feita em 10 de julho, a letalidade média da nova gripe no mundo (0,45%) é igual à da gripe sazonal. No Brasil, até a última sexta-feira, havia 1.027 casos confirmados da nova gripe. Com base nesses dados, os três óbitos registrados no país representariam uma letalidade de 0,29%.

 

Com exceção do segundo óbito, registrado na última sexta-feira, em São Paulo, e de familiares da vítima infectados, cuja transmissão ainda está em investigação, todos os casos autóctones têm vínculos epidemiológicos com pacientes procedentes do exterior.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.