Transmissão do HIV está 'fora de controle' entre gays na França

Quase metade dos 7 mil infectados com o vírus da aids no país em 2008 é de homossexuais

Reuters

09 Setembro 2010 | 15h31

LONDRES - A transmissão do vírus da aids parece estar "fora do controle" entre homens homossexuais na França, apesar da queda generalizada no número de novos casos de HIV no país, de acordo com um estudo publicado nesta quinta-feira, 9.

Cientistas do Instituto Nacional para a Vigilância em Saúde Pública afirmaram que quase metade das 7 mil pessoas infectadas com o HIV no país em 2008 é de homens homossexuais, e a incidência entre eles é 200 vezes maior que entre heterossexuais.

O estudo também mostrou que o HIV na França caiu significativamente, de 8.930 infecções em 2003 para 6.940 em 2008. Mas o número de contaminações entre homens homossexuais ficou estável, apesar da queda em outros grupos, e respondeu por 48% dos novos casos na França em 2008.

Segundo os especialistas, os resultados mostram que as autoridades francesas precisam rever e renovar estratégias de prevenção, além de focar os grupos de maior risco de infecção.

O vírus da imunodeficiência humana que causa a aids infecta 33,4 milhões de pessoas no mundo. Na África Subsaariana, 22,4 milhões de pessoas têm a doença, e o Leste Europeu é onde a epidemia hoje cresce mais rapidamente.

Mais conteúdo sobre:
HIV aids soropositivos gays França

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.