Xixi na cama após os 5 anos pode ser alerta para disfunção miccional

Estima-se que problema para segurar a urina atinja de 10% a 15% das crianças no País

estadão.com.br

17 Setembro 2010 | 17h24

SÃO PAULO - Algumas crianças não conseguem se segurar e fazem xixi na cama durante anos. Apesar de o comportamento ser considerado normal no início, o Ministério da Saúde alerta que, após os 5 anos de idade, os pais devem ficar atentos, pois a criança pode sofrer de disfunção miccional (não conseguir segurar a urina). Estima-se que o problema atinja de 10% a 15% das crianças.

Segundo Eliane Garcez, chefe do serviço de urografia pediátrica do Hospital Federal dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro, um dos sinais da disfunção pode ser o famoso xixi na cama.

Eliane alerta que os pais não podem culpar os filhos pelo distúrbio urinário: "Jamais a criança pode se sentir culpada quando corre uma situação como essa. Os pais devem levá-la ao médico para tratamento. Existem medicações específicas que atuam tanto na bexiga e na quantidade de urina produzida”, explica.

A médica afirma que somente exames específicos podem detectar a disfunção miccional e seus motivos. Por isso, é importante procurar um especialista quando houver suspeita. "A função da bexiga é armazenar a urina até a criança chegar a um local socialmente adequado e esvaziá-la completamente. Quando a bexiga não desempenha sua função normal, tanto para armazenamento quanto para liberação de urina, pode ser que haja uma disfunção do trato urinário inferior, o que pode levar à incontinência, infecção urinária e, nos casos mais severos, até à lesão renal”, completa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.