A hora de parar

Não arrisque sua saúde. Alguns sinais indicam que é melhor encerrar a prova

Estadão.com.br,

12 de dezembro de 2011 | 19h16

Quem já participou de uma prova desse tipo, já sabe o que esperar. Mas os novatos precisam começar devagar, para ir pegando o jeito. "Para aquela pessoa que não tem tanta experiência é melhor fazer a prova com freio de mão puxado, sempre guardando um pouco para você não fazer a prova no seu limite", diz Marcos Paulo Reis. "E é fundamental prestar atenção na temperatura e na umidade", lembra ele. "Tem muita gente que não consegue entender porque está tão duro correr e, muitas das vezes, é por causa desses dois fatores. Aí o correto é ir moldando o ritmo de corrida mediante ao clima", ensina.

SINAIS DE ALERTA

 

Não arrisque sua saúde. Muitas pessoas forçam o ritmo logo no início e acabam passando mal por desidratação ou simplesmente pelo esforço excessivo.

É hora de parar se você sentir sintomas como:

Dor de cabeça

Enjoo

Cãibras

Visão turva

Cansaço extremo

Tonturas

"As pessoas devem prestar muita atenção nisso", diz Marcos Paulo Reis. "Quanto mais você se conhece, mais perto pode estar e acompanhar seu limite, mas é preciso ser cuidadoso e seguir as orientações para fazer uma corrida saudável", explica.

Felipe More complementa: "O principal é iniciar a prova de maneira confortável e, no final, se estiver se sentindo bem, acelerar um pouco. Agora se passar mal e não conseguir se recuperar, o melhor é parar", diz.

Tudo o que sabemos sobre:
cuidadosalertaSão Silvestresinais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.