A partir desta 4ª, casos graves e mortes de dengue devem ser informados em 24h

Meta é fazer com que ações de prevenção e combate cheguem aos municípios com maior rapidez

Agência Brasil

26 Janeiro 2011 | 16h04

BRASÍLIA - A partir desta quarta-feira, 26, todos os casos graves de dengue e as mortes pela doença devem ser notificados às secretarias estaduais e municipais da Saúde em 24 horas.

Também devem ser reportados os casos de dengue tipo 4. As secretarias, por sua vez, devem comunicar as ocorrências ao Ministério da Saúde. A determinação está publicada no Diário Oficial da União.

A meta é fazer com que as ações de prevenção e combate à doença sejam mais eficazes e cheguem aos municípios com maior rapidez. “Quero saber diariamente se teve algum caso grave ou suspeita, para que possamos nos antecipar a um possível risco de epidemia”, disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

O ministério está acompanhando 70 municípios de 16 Estados onde há maior incidência de dengue. Padilha citou como exemplo um caso do tipo 4 em Manaus. Segundo ele, no dia seguinte ao alerta, técnicos foram enviados ao município para investigar o estado clínico do paciente.

“Queremos reforçar o papel das autoridades. E vamos criar uma ferramenta eletrônica para facilitar a notificação”, afirmou Padilha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.