Aborígines recebem sacos para corpos como ajuda para gripe A

A ministra da saúde do país considerou a ação insensível e ofensiva; ministério investiga razão da oferta

AE-AP,

17 Setembro 2009 | 17h21

Funcionários do Ministério da Saúde do Canadá investigam a razão pela qual o governo enviou sacos para acomodar corpos para um reserva aborígine que havia pedido ajuda para se preparar para o surto de gripe suína.

 

Veja também:

especial ESPECIAL: Entenda a gripe suína

especial ESPECIAL: Perguntas e respostas sobre a gripe

 

A ministra da saúde Leona Aglukkaq disse nesta quinta-feira, 17, que considerou a ação do Ministério da Saúde insensível e ofensiva.

 

Os sacos para acomodação de corpos foram enviados recentemente para pelo menos uma reserva no norte de Manitoba, onde foram registrados vários casos de gripe suína na primavera (no hemisfério norte).

 

Além dos sacos, também foram enviados material para esterilização das mãos e máscaras. Leona prometeu chegar ao fundo da questão e tornar públicos os resultados da investigação.

Mais conteúdo sobre:
gripe suína

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.