'Achei que não ia voltar', diz prefeito de São Bernardo após ser internado por covid

Orlando Morando foi levado para a UTI em 29 de março; ele continua isolado por causa da doença

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de abril de 2020 | 00h19

SÃO PAULO - O prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando (PSDB), de 45 anos, anunciou na noite deste domingo, 6, em um vídeo em suas redes sociais que teve alta da UTI. Ele testou positivo para a covid-19 no dia 25 de março.

"Continuo hospitalizado e isolado, por ser uma doença que infecta outras pessoas, mas estou muito feliz", disse Morando, no vídeo. "Eu achei que não ia voltar", disse o prefeito, bastante emocionado. Ele também agradeceu a equipe médica e os enfermeiros que o ajudaram.

O prefeito foi internado na unidade de terapia intensiva no dia 29 de março. A primeira-dama de São Bernardo, a deputada estadual Carla Morando (PSDB), também teve diagnóstico do novo coronavírus. No vídeo publicado nas redes sociais, ele não comentou sobre o estado de saúde da mulher.

O município do ABC paulista já teve 5 mortes pela doença.  No total, o Estado de São Paulo já registrou 275 óbitos pelo novo coronavírus, 56% do total de mortes (486) registradas no País. 

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus.

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

 

Tudo o que sabemos sobre:
Orlando Morando

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.