REUTERS/Adriano Machado
REUTERS/Adriano Machado

Adolescente de 12 anos é a vítima mais jovem do coronavírus no Rio

Guilherme se machucou praticando parkour e foi encaminhado ao hospital; enquanto estava sendo atendido, o adolescente sentiu falta de ar e foi então transferido e testado, mas morreu antes de ter o resultado do exame

Fábio Grellet, O Estado de S.Paulo

24 de abril de 2020 | 16h45

RIO - Um adolescente de 12 anos que contraiu a covid-19 morreu nesta sexta-feira, 24, no Hospital Federal dos Servidores do Estado, na região central do Rio de Janeiro. É a vítima mais jovem dessa doença no Estado do Rio de Janeiro.

O jovem, chamado Guilherme, se machucou praticando parkour (espécie de ginástica praticada com saltos e outros movimentos para superar obstáculos) e foi levado ao Hospital Municipal Jesus, em Vila Isabel (zona norte do Rio), segundo divulgou o jornal O Globo. Enquanto estava sendo atendido, o adolescente sentiu falta de ar e foi então transferido para o Hospital Federal dos Servidores do Estado. Quando chegou, ele foi submetido a exame de sangue para averiguar a contaminação pelo coronavírus, mas seu estado de saúde se agravou e ele morreu antes que o resultado do exame ficasse pronto. O teste confirmou a contaminação.

Profissionais de saúde do hospital municipal em que o adolescente foi atendido inicialmente afirmaram que ele permaneceu internado ao lado de outras pessoas, sem os cuidados necessários a contaminados pelo coronavírus.

A reportagem questionou o Ministério da Saúde sobre o episódio, mas a pasta informou que não vai se pronunciar. A secretaria estadual de Saúde do Rio de Janeiro também foi procurada, mas não havia se manifestado até a publicação desta reportagem.

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus

Para Entender

Coronavírus: veja o que já se sabe sobre a doença

Doença está deixando vítimas na Ásia e já foi diagnosticada em outros continentes; Organização Mundial da Saúde está em alerta para evitar epidemia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.