Albert Einstein faz a primeira cirurgia robótica de baço da América Latina

Robô cirurgião DaVinci foi usado na operação por meio de quatro orifícios de 8 milímetros

Julia Baptista, da Central de Notícias, Estado de S. Paulo

17 Setembro 2010 | 12h45

SÃO PAULO - O Hospital Israelita Albert Einstein realizou na manhã desta última quinta-feira, 16, a primeira cirurgia robótica de baço da América Latina. O robô cirurgião DaVinci foi usado na operação por meio de quatro orifícios de 8 milímetros. Já a retirada do baço do abdômen, que pesava 3 quilos (o peso normal é de aproximadamente 300 gramas), foi feito por um corte de 6 centímetros na região do baixo ventre, semelhante ao de uma cesariana.

 

Segundo os cirurgiões Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo e Vladimir Schraibman, o DaVinci Cirurgical System permite uma abordagem mais precisa ao órgão e aos grandes vasos sanguíneos que o circundam. "Em uma cirurgia sem robô, o baço deveria ser retirado por uma abertura no abdômen de 25 a 30 centímetros. É uma revolução na medicina", comentam os médicos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.