Caren Firouz/Reuters
Caren Firouz/Reuters

Alterações neurológicas causadas pelo novo coronavírus são assunto de live do ‘Estado’

Transmissão ocorre no Facebook do jornal às 16 horas; perguntas podem ser enviadas por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavírus no Facebook

Redação, O Estado de S.Paulo

15 de maio de 2020 | 13h54

Inicialmente considerada uma doença pulmonar, a covid-19 já é sistêmica. Para abordar os efeitos e danos causados pela enfermidade no sistema neurológico, o Estado conversa nesta sexta-feira, 15, com Matheus Fonseca, pesquisador em neurobiologia do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). A transmissão ocorre às 16h, na página do Facebook do jornal.

Sintomas como a falta de olfato e alterações na visão já foram identificados em pacientes. Os cientistas estudam a possibilidade de danos neurológicos de médio e longo prazo causados pela doença.

Os leitores podem participar ao vivo nos comentários e também com o envio prévio das perguntas, que deve ser feito por meio do grupo #EstadãoInforma: Coronavírus, espaço no Facebook para discussão e troca de informações sobre a pandemia, aberto a todos os leitores do Estadão. 

A entrevista é parte de uma série de transmissões ao vivo sobre temas relacionados à covid-19, que já está em seu terceiro mês.

O jornal disponibilizou seus principais conteúdos sobre a epidemia gratuitamente aos leitores que não são assinantes. Foi criado também o Boletim Coronavírus, newsletter aberta a todos com as principais notícias do dia sobre o tema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.