Amanhã é dia de mutirão contra câncer de pele em SP

Amanhã é dia de tirar as dúvidas sobre lesões e pintas na pele, que podem ser sinal de câncer. Treze unidades de saúde da cidade de São Paulo vão fazer mutirões para diagnóstico do câncer de pele, organizado pelas Secretarias de Saúde do Estado e do Município em parceria com a Sociedade Brasileira de Dermatologia. Para ser atendido basta comparecer a um dos endereços do mutirão, das 9h às 15h. Haverá palestras, exposição de cartazes, avaliação dos sintomas e, quando houver suspeita da doença, encaminhamento a dermatologistas. De acordo com dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA), 18% dos tumores diagnosticados no Brasil são de pele. É o tipo de maior incidência no País. A estimativa é que em 2006 surjam 122 mil novos casos de câncer de pele. A prevenção contra o câncer deve começar na infância. "O uso de proteção contra o sol deve vir desde criança, porque o dano solar à pele é cumulativo", explica a dermatologista Denise Steiner. "Por isso, pessoas jovens podem acabar apresentando a doença." Endereços R. Serra de Jairé, 1.480, Água Rasa; R. Cel. João de Oliveira Melo, 440; R. Farol Paulistano, 410, Mooca; R. Sampson, 61, Brás; R. N. Sra. das Dores, 358, Vila Formosa; Av. Pedro Francisco de Toledo, 545; R. Taquari, 549, Mooca; R. Antônio Camargo, 678, V. Gomes Cardim; R. Jarani, 7, Mooca; R. Castro Alves, 60, Aclimação; Hospital das Clínicas; Ambulatório do Hospital Heliópolis; Hospital do Servidor.

Agencia Estado,

17 de novembro de 2006 | 10h15

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.