Ambulatórios de SP abrirão aos fins de semana para fazer check-up em homens

Pacientes com 50 anos ou mais poderão procurar postos para realizar exames de rotina sem agendamento

Fabiana Cambricoli, O Estado de S.Paulo

05 Fevereiro 2014 | 12h11

Os ambulatórios da rede estadual de saúde de São Paulo abrirão também aos sábados e domingos para receber homens a partir dos 50 anos interessados em realizar um check-up. O programa, que deverá ser iniciado após o Carnaval, foi anunciado nesta quarta-feira, 5, pelo secretário de Estado da Saúde, David Uip.

"Os ambulatórios farão esses atendimentos sem agendamento, para não competir com a demanda do dia. A ideia é estimular os filhos a levarem seus pais para fazer o check-up", disse Uip.

Mamografia. O anúncio foi feito no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, durante lançamento do programa que vai permitir que as mulheres de 50 a 69 anos façam mamografia sem pedido médico em 300 unidades de saúde da rede.

O agendamento deverá ser feito pela paciente no mês de seu aniversário, a cada dois anos. Em 2014, deverão procurar o serviço as mulheres que nasceram em anos pares. Em 2015, será a vez das pacientes nascidas em anos ímpares. A previsão é que a mulher seja atendida no mesmo mês.

Conforme adiantado pelo Estado na edição desta quarta-feira, os exames serão feitos sem a necessidade de consulta prévia, a análise dos resultados será feita por uma equipe médica à distância, em 48 horas, e, caso necessário, a mulher será encaminhada para exames complementares ou para o tratamento contra o câncer de mama.

Mais conteúdo sobre:
check-up saúde homens prevenção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.