AP
AP

Amostras de pedras da Lua desaparecem da Nasa

Segundo auditoria, 517 materiais astronômicos emprestados se perderam ou foram roubados entre 1970 e junho de 2010

12 de dezembro de 2011 | 07h37

Centenas de amostras de pedras da Lua e de meteoritos que a Nasa empresta a pesquisadores desapareceram, revelou uma auditoria da agência espacial dos Estados Unidos. O inspetor-geral da Nasa, Paul Martin, publicou um relatório detalhando a concessão de empréstimos aos pesquisadores. O inspetor afirma que eles nunca utilizaram as amostras ou simplesmente perderam o controle de peças raras que datam da primeira viagem dos Estados Unidos à Lua, em 1969.

 

Segundo a auditoria, 517 materiais astronômicos emprestados se perderam ou foram roubados entre 1970 e junho de 2010. Essas amostras incluem, entre outras, rochas e solo da Lua, íons da camada externa do sol, poeira de cometas e poeira cósmica da estratosfera terrestre. “Este material constitui um recurso raro e limitado e têm um papel vital na pesquisa e na educação”, disse Martin.

 

Em março, a Nasa tinha mais de 26 mil amostras em empréstimo, de uma coleção de 140 mil peças da Lua, 18 mil exemplares de meteoritos e 5 mil de poeira cósmica e de pedaços de cometas. O inspetor recomenda que a Nasa identifique melhor as peças e elabore um inventário para evitar perdas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.