Nilton Fukuda/ Estadão
Nilton Fukuda/ Estadão

Anac divulga formulário para ajudar brasileiros com dificuldade de voltar ao País

CONTEÚDO ABERTO PARA NÃO-ASSINANTES: Ministério de Relações Exteriores estima que há milhares de pessoas que tentam regressar ao País e não conseguem pelas restrições de circulação impostas pelo mundo por causa do avanço da doença

Amanda Pupo, O Estado de S.Paulo

22 de março de 2020 | 09h57

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) passou a disponibilizar a partir deste domingo, 22, formulário online para receber informações de brasileiros que têm passagem aérea comprada e não estão conseguindo voltar para o Brasil em razão de restrições causadas pelo novo coronavírus. Segundo a Anac, o objetivo é coordenar com as empresas aéreas e "envidar" esforços para trazer os cidadãos brasileiros de volta ao País.

"Por meio de nossa plataforma de internet, todos os brasileiros que desejam retornar ao país, bem como estrangeiros autorizados, devem preencher o questionário a seguir. Será analisado o número de pessoas necessitadas em um determinado país, bem como as possibilidades de organizar voos", diz a agência. O endereço do formulário na internet, que tem 15 perguntas, está disponível neste link.

O governo tem coordenado ações para trazer ao Brasil cidadãos que procuram voltar ao País mas enfrentam dificuldades. Como mostrou o Estado, o Ministério de Relações Exteriores estima que há milhares de pessoas que tentam regressar ao País e não conseguem pelas restrições de circulação impostas pelo mundo em função do novo coronavírus.

Na quarta-feira, 18, como o Estado revelou, as companhias aéreas Gol e TAM entraram em acordo com o governo para transportar os quase 4 mil turistas brasileiros presos no Peru. O país vizinho fechou as fronteiras para conter o avanço do coronavírus.

Já na quinta-feira, 19, o governo federal anunciou que 203 brasileiros retidos no Marrocos seriam repatriados em um voo fretado, o que ocorreu neste sábado.

Também neste sábado, o Itamaraty emitiu comunicado orientando que os turistas brasileiros no México antecipem os voos de volta ao Brasil o quanto antes, uma vez que haverá restrições no espaço aéreo do Panamá e cancelamento de voos pela Copa Airlines, uma das principais companhias que operam o trecho.

Receba no seu email as principais notícias do dia sobre o coronavírus. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.