ANS deve anunciar suspensão de planos de saúde de 40 operadoras

Empresas não cumpriram prazos para serviços determinados pela agência em dezembro

estadão.com.br

03 de julho de 2012 | 08h39

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) deve anunciar nesta terça-feira, 3, a suspensão da venda de planos de saúde de 40 operadoras por descumprimento de prazos determinados pela órgão para a realização de serviços como consultas, exames ou cirurgias.

 

A agência vai detalhar o problema com a divulgação do levantamento realizado entre março e junho sobre o acompanhamento que fez em relação aos prazos máximos estabelecidos em desembro. Foram registradas mais de 4,5 mil reclamações de usuários dos planos somente neste período, e das mais de mil operadoras, 162 receberam pelo menos uma queixa.

 

A determinação da ANS prevê multa ou até suspensão dos serviços das operadoras caso os prazos máximos estabelecidos não sejam cumpridos. A divulgação dos nomes das empresas que sofrerão as sanções será feita somente depois de aquelas serem notificadas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.