Paulo Liebert/Estadão
Paulo Liebert/Estadão

ANS suspende venda de 41 planos de saúde

Suspensão atinge 10 operadoras e ocorre por causa de reclamações em relação à cobertura assistencial

O Estado de S.Paulo

01 Setembro 2017 | 20h24

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou, nesta sexta-feira, 1º, uma lista de planos de saúde que terão a venda suspensa por causa de reclamações em relação à cobertura assistencial no segundo trimestre deste ano. 

Entre as queixas, estão negativas e demora no atendimento. A medida, segundo a ANS, atinge 41 planos de 10 operadoras e a suspensão começa a valer a partir do dia 8 deste mês. O número de beneficiários dos planos suspensos é de 175.071.

Segundo a ANS, eles continuam a ter assistência regular. A comercialização só é suspensa para novos clientes. As operadoras que negaram indevidamente cobertura também podem ser multadas. Veja aqui a lista de planos suspensos. 

Reativados. Trinta e três planos de 13 operadoras que conseguiram melhorar o atendimento estão sendo reativados, segundo a ANS, e foram liberados para comercialização para novos clientes.

No segundo trimestre deste ano, a agência recebeu 15.002 reclamações de natureza assistencial por meio de seus canais de atendimento. 

Mais conteúdo sobre:
Ans

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.