Anvisa apreende lote falsificado do medicamento Levitra

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a apreensão e inutilização, em todo País, de um lote falsificado do medicamento para disfunção erétil Levitra 10 mg, fabricado pela Bayer. A falsificação foi detectada pelo laboratório no lote nº BXBEJK3, encontrado numa farmácia de Minas Gerais. Para reconhecer a adulteração, o consumidor deve observar algumas características. O produto original possui data de fabricação de 01/2004 e validade até 12/2006. Já o falsificado tem fabricação em 01/2005 e validade até 12/2007. Além disso, a embalagem do falso não possui a tinta reativa. Em caso de dúvida ou suspeita sobre o medicamento, o usuário deve fazer a denúncia para a Anvisa pelo e-mail inspecao@anvisa.gov.br ou procurar a Vigilância Sanitária do seu município ou Estado.

Agencia Estado,

16 de fevereiro de 2007 | 11h50

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.