Luis Acosta/AFP
Luis Acosta/AFP

Anvisa autoriza aplicação da vacina da Pfizer em adolescentes com mais de 12 anos

A ampliação foi aprovada após a apresentação de estudos desenvolvidos pelo laboratório que indicaram a segurança e eficácia da vacina para este grupo, segundo a agência

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de junho de 2021 | 08h03

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta sexta-feira, 11, a indicação da vacina contra a covid-19 da Pfizer para adolescentes com 12 anos de idade ou mais. Com isso, a bula da vacina batizada de Comirnaty passará a indicar esta nova faixa etária para o Brasil.

A ampliação foi aprovada após a apresentação de estudos desenvolvidos pelo laboratório que indicaram a segurança e eficácia da vacina para este grupo, segundo a agência. O órgão também informou que os estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela Anvisa. Apesar da autorização, não há previsão de quando os adolescentes serão vacinados contra a covid-19 no País.

Antes, a vacina Comirnaty estava autorizada para pessoas com 16 anos de idade ou mais. Até o momento, esta é a única entre as vacinas autorizadas no Brasil com indicação para menores de 18 anos.  

A vacina da Pfizer foi a primeira a receber o registro definitivo para vacinas contra a covid-19 no Brasil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.