Anvisa discute medidas contra a superbactéria KPC

Agência se reúne com microbiologistas e infectologistas para debater infecções hospitalares

Agência Brasil

22 Outubro 2010 | 15h21

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realiza nesta sexta-feira, 22, em Brasília, uma reunião com microbiologistas e infectologistas de todo o País para discutir infecções hospitalares provocadas por bactérias resistentes a antibióticos. O encontro ocorre das 9h às 17h, na sede da Anvisa, no Setor de Indústria e Abastecimento.

Veja também:

link Paraíba e Espírito Santo confirmam casos de contaminação pela KPC

linkContaminações por superbactéria no DF aumentam 70% em 2 semanas

 

Na ocasião, os especialistas debatem os recentes casos de infecção provocados pela Klebsiella pneumoniae carbapenemase (KPC), enzima que tem funcionado como novo mecanismo de resistência em algumas bactérias. Em pauta, ainda, estão medidas de contenção e prevenção de novos casos, padronização de conceitos, diagnóstico, métodos de identificação desses micro-organismos, seleção de laboratórios estaduais de referência e fluxos de notificação das infecções.

Participam da reunião integrantes da Comissão de Assessoria Técnica em Resistência Microbiana nos Serviços de Saúde (Catrem), da Anvisa; da Coordenação Geral de Laboratórios de Saúde Pública do Ministério da Saúde (Cglab); e do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs); além de representantes da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.