Anvisa identifica falsificação e proíbe venda de lote de remédio contra o câncer

Resolução proíbe a distribuição, o comércio e o uso do medicamento MabThera 500mg/50ml (rituximabe), lote B6038

Agência Brasil,

07 de março de 2012 | 11h46

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada nesta quarta, 7, no Diário Oficial da União proíbe a distribuição, o comércio e o uso, em todo o território nacional, do medicamento MabThera 500mg/50ml (rituximabe), lote B6038 com as seguintes informações: VAL 12 2012 FAB 06 2010.

Segundo a Anvisa, a decisão foi tomada por se tratar de falsificação. De acordo com a resolução, o fabricante do medicamento informou que o lote original é de 2008, com vencimento em 2010.

“Portanto, qualquer unidade que apresente datas diferentes deve ser considerada como falsificação”, explicou a Anvisa.

 

Tudo o que sabemos sobre:
AnvisavendaremédiocâncerSaúdeVida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.