Anvisa interdita 2 lotes de antibiótico e anti-hipertensivo

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou ontem a interdição cautelar de dois lotes de medicamentos. Uma análise constatou que o lote 02926S do antibiótico Floximed (norfloxacina 400mg) apresentou dissolução do princípio ativo abaixo do valor de referência. O antibiótico, usado no tratamento de infecções do trato urinário, inflamação do estômago, intestino, gonorréia e febre tifóide, é fabricado pela Medquímica Indústria Farmacêutica em Juiz de Fora, Minas Gerais. Já o lote 251028 do anti-hipertensivo Captosen (Captropil), produzido pela empresa Pharlab Indústria Farmacêutica, em Lagoa da Prata, em Minas Gerais, apresentou problemas na mistura dos componentes da fórmula.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.