Anvisa interdita 2 lotes de antibiótico e anti-hipertensivo

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou ontem a interdição cautelar de dois lotes de medicamentos. Uma análise constatou que o lote 02926S do antibiótico Floximed (norfloxacina 400mg) apresentou dissolução do princípio ativo abaixo do valor de referência. O antibiótico, usado no tratamento de infecções do trato urinário, inflamação do estômago, intestino, gonorréia e febre tifóide, é fabricado pela Medquímica Indústria Farmacêutica em Juiz de Fora, Minas Gerais. Já o lote 251028 do anti-hipertensivo Captosen (Captropil), produzido pela empresa Pharlab Indústria Farmacêutica, em Lagoa da Prata, em Minas Gerais, apresentou problemas na mistura dos componentes da fórmula.

Agencia Estado,

01 de março de 2007 | 09h31

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.