Anvisa libera navio de cruzeiro que isolou cinco pessoas com sintomas de gripe e diarreia

Equanto estiver em águas brasileiras, autoridades do navio devem emitir mensagens para reforçar higiene

Agência Brasil,

08 de março de 2012 | 18h48

 A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou o navio de cruzeiro Balmoral para seguir viagem pelo Brasil, apesar de alguns passageiros e tripulantes apresentarem sintomas de gripe e diarreia. O navio, que estava no Porto de Santos (SP), foi inspecionado na quarta-feira, dia 7, pelos fiscais.

A Vigilância Sanitária identificou cinco pessoas com gripe e duas com diarreia. No entanto, a Anvisa informou que não foi detectada a necessidade de internação dos três tripulantes e dos dois passageiros, que estavam isolados por orientação do serviço médico do navio. Com isso, o cruzeiro foi liberado para continuar a viagem.

Enquanto estiver em águas brasileiras, as autoridades do cruzeiro devem emitir mensagens pelo sistema de alto falante recomendando a passageiros e tripulantes que lavem as mãos com frequência, além de outras medidas de higiene para evitar a ocorrência de novos casos. Os alertas devem ser feitos de três em três horas.

Vindo do Chile, o Balmoral tem escalas programadas para Ilhabela (SP), Rio de Janeiro, Salvador, Recife e Fortaleza. Nas escalas, não haverá embarque ou desembarque de pessoas, conforme informou a Anvisa. De acordo com a agência, o navio será monitorado em todas as paradas. Antes de chegar ao Brasil, o navio, com 1.226 passageiros e 524 tripulantes, passou por portos do Uruguai e da Argentina.

No dia 17 de fevereiro, a tripulante do navio de cruzeiro MSC Armonia, da empresa MSC Cruzeiros, Fabiana dos Santos, de 30 anos, morreu por complicações respiratórias depois de apresentar sintomas de gripe. Ela chegou a ser internada em um hospital de Santos. Outros passageiros apresentaram sintomas semelhantes. Posteriormente, os exames confirmaram a presença do vírus Influenza B.

Tudo o que sabemos sobre:
AnvisagripenavioArmonia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.