Anvisa proíbe venda de medicamento contra câncer de mama

Três lotes do remédio Citrato de Tamoxifeno devem ser recolhidos pela empresa Eurofarma

Agência Brasil

15 Junho 2010 | 19h09

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu nesta terça-feira, 15, a venda dos lotes 143326, 152449 e 147407 do medicamento Citrato de Tamoxifeno (20mg), utilizado no combate ao câncer de mama e fabricado pela empresa Eurofarma.

 

A comercialização foi suspensa porque o medicamento apresentou resultado insatisfatório nos ensaios de dissolução da substância tamoxifeno.

 

A agência determinou que os lotes sejam recolhidos pela fabricante.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.