Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

Anvisa publica no Diário Oficial extrato do termo de compromisso com Butantã sobre vacina

Documento, publicado em edição extra do Diário Oficial da União na noite deste domingo, 17, estabelece as obrigações da agência e do Butantã

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de janeiro de 2021 | 23h04

BRASÍLIA - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou o extrato do Termo de Compromisso assinado com o Instituto Butantã. O documento, publicado em edição extra do Diário Oficial da União na noite deste domingo, 17, estabelece as obrigações da agência e do Butantã, "visando a execução do estudo de avaliação da resposta imunogênica de participantes do estudo clínico de fase 3 da vacina Coronavac que desenvolveram a doença e um subgrupo de 10% dos participantes que não desenvolveram a doença nos períodos pré-vacinação, duas semanas e quatro semanas após a vacinação".

A diretoria da Anvisa aprovou neste domingo, por unanimidade, o uso emergencial das vacinas Coronavac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, que será fabricada e distribuída no Brasil pelo Instituto Butantan, e da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca. Para passar a valer o uso emergencial, a Anvisa determinou que o Butantan assinasse antes esse termo de compromisso para apresentar dados de imunogenicidade da vacina até 28 de fevereiro, e que ele fosse publicado no Diário Oficial. Estas informações devem mostrar por quanto tempo a vacina é segura e eficaz.

Essa exigência chegou a ser considerada uma dificuldade para que o governo paulista abrisse ainda hoje a campanha de vacinação. No entanto, antes de cumprir o rito exigido pela Anvisa, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), fez uma cerimônia para garantir a primeira foto da vacinação no País. A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, há oito meses na linha de frente do combate ao coronavírus no Hospital Emílio Ribas, foi a escolhida e a primeira brasileira a receber uma dose da Coronavac.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.