Anvisa recomenda suspensão de cirurgias no Hospital Universitário do Rio

Funcionários denunciaram que prédio na Ilha do Fundão tem pedaços da estrutura desabando

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

06 de outubro de 2011 | 19h44

SÃO PAULO - O Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, localizado na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro, recebeu nesta quinta-feira, 6, uma equipe da Superintendência de Vigilância Sanitária (Suvisa), que realizou vistoria nas dependências da unidade.

A equipe foi acionada pela direção do hospital para elaborar um parecer detalhado sobre a situação do centro cirúrgico. O termo de visita da Suvisa sugere que as atividades no centro cirúrgico sejam temporariamente suspensas até a conclusão da obra de correção da estrutura física no local.

Esta semana, funcionários denunciaram que o prédio estaria com fendas e pedaços da estrutura desabando. A Defesa Civil, o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura e Agronomia (CREA) e os engenheiros do Programa de Pós-Graduação de Engenharia (COPPE/UFRJ) afirmaram à direção do hospital que não haveria risco de abalo estrutural.

O hospital afirmou que está empenhado em iniciar as obras e garante que todas as medidas solicitadas pela Suvisa para manter o hospital dentro das normas exigidas serão cumpridas o mais breve possível. Por enquanto, a unidade manterá sua rotina. As 22 cirurgias adiadas na terça-feira, 4, estão sendo remarcadas.

Tudo o que sabemos sobre:
Hospital do FUndãoRiocirurgiasAnvisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.