Anvisa retira lotes do medicamento Fluoro-Uracil do mercado

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou a suspensão, em todo país, do comércio e uso do lote nº 511/0355 do medicamento Fluoro-Uracil (Fluoruracila 250mg/10ml), injetável, fabricado pela empresa Valeant Farmacêutica do Brasil, de Campinas, cem quilômetros distante da capital paulista. O remédio é usado no tratamento de diversos tipos de câncer. De acordo com a Anvisa, o laudo de análise do produto indicou resultado insatisfatório. Em todos os frascos enviados para análise foram detectadas partículas sólidas, o que pode tornar o tratamento ineficaz. Por precaução, a Anvisa também interditou o lote 406-B do antibiótico de uso oral Praticilin (Ampicilina, 250mg/5ml), produzido pela empresa Prati, Donaduzzi & Cia. Ltda., da cidade de Toledo (PR). De acordo com o laudo emitido pela Fundação Ezequiel Dias, a amostra analisada apresentou resultados insatisfatórios nos ensaios de aspecto, teor do princípio ativo e determinação do pH.

Agencia Estado,

25 de julho de 2006 | 16h02

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.