Agustin Marcarian/Reuters
Agustin Marcarian/Reuters

Anvisa se reúne segunda para decidir sobre importação da Sputnik V, vacina russa contra covid

Especialistas da agência terminam neste sábado uma visita de inspeção na Rússia

Redação, O Estado de S.Paulo

23 de abril de 2021 | 17h33

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) marcou para a próxima segunda-feira, 26, às 18 horas, uma Reunião Extraordinária da Diretoria Colegiada para apreciar os pedidos de importação da Sputnik V, vacina russa desenvolvida pelo Instituto Gamaleya contra a covid-19.

"A data da reunião foi marcada em razão do prazo de 30 dias definido pela Lei, e confirmado pelo STF, para que a Anvisa avalie os pedidos de importação de vacinas para covid sem registro", explicou a agência, reforçando que os pedidos foram feitos por alguns Estados e municípios.

Especialistas da Anvisa terminam neste sábado, 24, uma visita de inspeção nas empresas Generium e UfaVita, que participam da produção da vacina Sputnik V. Os brasileiros estão na Rússia desde sexta-feira, 16, e o relatório com as informações coletadas ajudará na decisão.

Além de decidir sobre a Sputnik V, a Anvisa marcou para a terça-feira, 27, às 15 horas, uma reunião para apreciar o pedido de uso emergencial da "combinação dos medicamentos biológicos banlanivimabe e etesevimabe, do laboratório Eli Lilly do Brasil Ltda". As duas reuniões terão transmissão pelos canais da agência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.