Anvisa suspende dois lotes de antibiótico

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu ontem dois lotes do antibiótico LFM-Ofloxacino, 400 mg, em comprimidos. Os lotes são o 0506011 e 0506012, com datas de validade 31/7/2007 e 30/6/2007, respectivamente. Fabricados pelo Laboratório Farmacêutico da Marinha, com sede no Rio de Janeiro, os medicamentos desses lotes não foram aprovados nos testes de potência do princípio ativo, conforme laudo do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS). Também foi interditado o lote 06021615 do medicamento Glicose a 5%, solução injetável, com data de validade 16/02/2008. O medicamento é fabricado pela Indufal - Indústria Farmacêutica Amorim Ltda., de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Segundo laudo do INCQS, a amostra analisada apresentou resultados insatisfatórios no ensaio de endotoxina bacteriana, o que põe em dúvida a esterilidade do medicamento, cuja contaminação pode provocar infecções.

Agencia Estado,

05 de janeiro de 2007 | 10h11

Tudo o que sabemos sobre:
notícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.