Anvisa suspende venda de suplementos alimentares

A importação, o comércio e o uso de duas marcas de suplementos alimentares foi suspensa em todo país pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A alegação é que os suplementos possuem substâncias proibidas para este tipo de produto. A medida vale para todos os lotes dos produtos Herbal Dietary Supplement Yellow Swarm, produzido pela Nve Pharmaceuticals, que tem em sua composição a efedrina - uma substância sujeita ao controle especial. Já o produto Dietary Supplement Androstene 100, da empresa American Strength Products, possui androstenodiona. A Anvisa também determinou a suspensão da importação em todo o país dos lotes do produto Diu Hkupper, fabricado pela empresa Medical Engineering e importados após sete de novembro de 2001 pela empresa Cimed Comercial, de Porto Alegre (RS). O produto não possui registro junto a Agência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.