K.M.Chaudary/AP
K.M.Chaudary/AP

Ao menos 70 morrem após consumo de remédio para o coração no Paquistão

Casos foram registrados depois que o Instituto de Cardiologia da província oriental de Punjab distribuiu remédios para os 46 mil inscritos no tratamento para doenças cardíacas

Efe,

25 de janeiro de 2012 | 15h38

Ao menos 70 pacientes morreram durante as últimas semanas após consumirem remédios para o coração no Paquistão, informaram nesta quarta-feira, 25, fontes oficiais.

 

As mortes começaram a ser registradas depois que o Instituto de Cardiologia da província oriental de Punjab distribuiu remédios para os 46 mil inscritos no tratamento para doenças cardíacas.

 

Fontes do Departamento de Saúde de Punjab citadas pelo canal "Dawn" e o jornal "The News" calcularam que cerca de 70 pessoas morreram até o momento, porém outros meios de comunicação elevaram o número de vítimas para 80.

 

A imprensa aponta a baixa qualidade dos remédios como causa das mortes, mas as autoridades ainda não deram uma versão oficial sobre a situação dos pacientes.

 

De acordo com o Departamento de Saúde, outros 178 pacientes deram entrada no hospital após consumirem o remédio, mas receberam alta logo em seguida.

 

O precário sistema de saúde paquistanês não é suficiente para atender uma população de 180 milhões de pessoas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.