Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Após paralisação, ao menos três capitais preveem a retomada da primeira aplicação contra a covid-19

Rio de Janeiro, Vitória e Salvador voltam a vacinar a população em geral a partir desta quarta-feira, 28

Igor Soares, O Estado de S.Paulo

28 de julho de 2021 | 05h00

Após anunciarem a suspensão da 1ª dose da vacina contra a covid-19, três capitais do País preveem a retomada do calendário de vacinação. É o caso do Rio de Janeiro, de Vitória e de Salvador. Maceió, por exemplo, permanece sem previsão para realizar a imunização da população. Nesta segunda-feira, 26, o Ministério da Saúde anunciou o envio de mais de 10 milhões de imunizantes para os Estados, que são responsáveis por repassar as vacinas aos municípios. 

Na última sexta-feira, a prefeitura do Rio havia informado que a administração das primeiras doses estava suspensa na cidade. No entanto, com a chegada de novas remessas de vacinas, o município decidiu avançar o calendário e passar a imunizar mulheres de 34 anos nesta quarta-feira, 28. Os homens serão vacinados na quinta-feira, 29. Em conjunto com a vacinação por idade, haverá repescagem para grupos etários que perderam o dia.

Vitória vai voltar a vacinar por faixa etária a partir desta quinta-feira, 29. Pessoas com 30 anos serão imunizadas na capital. A prefeitura abriu 2.700 vagas para a vacinação deste público. O número de doses, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, é de acordo com o repasse do governo estadual. Além disso, nesta quarta-feira, a secretaria vai vacinar, também com a 1ª dose, trabalhadores industriais.

Salvador vai imunizar quem tem 34 anos ou mais a partir da quarta-feira, 28. A chegada de mais doses permitiu que a prefeitura abrisse a vacinação por faixa etária, que estava paralisada na cidade. Segundo a administração municipal, os drives e pontos fixos estarão funcionando apenas para as primeiras aplicações. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.