Tiago Queiroz|Estadão
Tiago Queiroz|Estadão

Após vazamento no telhado, Prefeitura de SP diz que hospital do Anhembi funciona normalmente

Chuva forte que atingiu capital na madrugada de sábado, 27, causou goteiras e vazamento no teto do pavilhão; hospital não foi atingido

Igor Macário, O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2020 | 19h59

O temporal que caiu na madrugada desse sábado, 27, na capital paulista provocou vazamento pelo telhado do Centro de Eventos Anhembi, na zona norte. Parte do pavilhão é ocupado por um dos hospitais de campanha montados pela Prefeitura de São Paulo para reforçar o atendimento de pacientes com covid-19.

Segundo o Município, no entanto, o vazamento foi numa área fora da região do hospital, e não atingiu os leitos. A Prefeitura afirmou ainda, em nota, que nenhum paciente foi prejudicado e que logo após o incidente a zona atingida pelo vazamento do telhado foi recuperada. O vazamento ocorreu numa área sem uso e o atendimento aos pacientes continua sem alterações.

A gestão Bruno Covas (PSDB) já autorizou as obras de reparo no telhado do Anhembi a pedido da SPTuris, entidade responsável pelo complexo de exposições. Um montante de R$ 1,2 milhão já foi destinado para a obra. O crédito para a SPTuris realizar as contratações já foi publicado no Diário Oficial da Cidade e alguns reparos já estão sendo realizados na cobertura do pavilhão.

O hospital de campanha do Anhembi tem 1,8 mil leitos para tratamento de pacientes com covid-19. Atualmente, 220 leitos estão ocupados. Nesta segunda-feira, 29, a Prefeitura vai anunciar o encerramento do Hospital de Campanha do Estádio do Pacaembu, na zona oeste, após desaceleração do avanço da doença na cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.