Foto: Eliane Carvalho / Governo do RJ
Foto: Eliane Carvalho / Governo do RJ

Após Witzel, secretário de Saúde do Rio também testa positivo para o coronavírus

Edmar Santos fez o anúncio na noite desta quarta-feira, 15; ele disse que está sem sintomas da doença

Caio Sartori, O Estado de S.Paulo

16 de abril de 2020 | 10h04

RIO - O coronavírus atingiu mais um integrante do alto escalão do governo do Rio de Janeiro. Após o próprio governador Wilson Witzel confirmar que está com a Covid-19, o secretário estadual de Saúde, Edmar Santos, também anunciou que seu teste deu positivo.

Em vídeo, Edmar disse que “passa bem” e está sem sintomas. “Não tive febre, não estou com tosse, com falta de ar. Não tenho nenhum sinal de gravidade da doença.” Assim como Witzel, ele afirmou que continuará trabalhando, mas de casa. “Seguirei aqui de casa, no isolamento domiciliar, mas trabalhando em toda a sequência de preparação e enfrentamento dessa pandemia.” 

Edmar passava boa parte do dia ao lado do governador durante esta crise. A sede da secretaria de Saúde chegou a ser transferida provisoriamente para o Palácio Guanabara, sede do governo, para facilitar a integração das equipes. Nas entrevistas coletivas sobre atualizações do coronavírus no Estado, Witzel e o secretário ficavam muito próximos um do outro. 

O líder da pasta de Saúde aproveitou o anúncio para reforçar o pedido de isolamento social como forma de evitar que mais gente se contamine e, consequentemente, o número de infectados provoque um colapso no sistema.

Além de Edmar e do governador, quem também testou positivo para a Covid-19 foi o chefe da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, Roberto Robadey. Outros secretários fizeram o teste, mas ainda não tiveram resultado divulgado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.