NICOLAS ASFOURI / AFP
NICOLAS ASFOURI / AFP

Apple fecha todas as suas lojas fora da China até 27 de março por coronavírus

Funcionários continuarão sendo pagos e, se suas funções permitirem, poderão trabalhar remotamente, segundo o CEO Tim Cook

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de março de 2020 | 09h08


A Apple fechará todas as suas lojas oficiais fora da China, um exemplo dramático de como companhias estão reduzindo o ritmo de negócios para retardar o avanço do coronavírus a seus funcionários e clientes.

A empresa disse que as lojas ficarão fechadas até 27 de março. Funcionários continuarão sendo pagos e, se suas funções permitirem, poderão trabalhar remotamente, de acordo com o CEO, Tim Cook, em nota no site da companhia.

A Apple tem cerca de 500 lojas oficiais ao redor do mundo, incluindo centenas nos Estados Unidos. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.